O que você precisa saber sobre marketing digital para hotelaria em 2016

 O que você precisa saber sobre marketing digital para hotelaria em 2016

Como todo mercado, a hotelaria possui suas peculiaridades e, portanto, suas estratégias de marketing próprias. A Pmweb trabalha há 20 anos com soluções e estratégias em marketing digital e tecnologia para a hotelaria e essa experiência trouxe algumas lições que merecem ser compartilhadas.
Na era do data driven marketing, agrupamos as quatro principais estratégias de marketing para hotéis – que se fundem com distribuição – e suas táticas, que visam trazer não só receita, como também lucro para a hotelaria.
TENHA UM SITE COM MOTOR DE RESERVAS
O website do hotel é o começo da experiência. Ele pode ter sido encontrado via motores de busca, acessado diretamente por meio da indicação de um amigo ou por qualquer outro meio, não importa. O site é a referência principal em se tratando de presença online e vai dar o tom da comunicação, causando a primeira impressão em quem acessa.
Portanto, ele precisa ser desenvolvido e pensado com princípios sólidos de user experience (experiência do usuário), sem esquecer que ter uma versão mobile não é mais uma opção, mas obrigatório.
Versão mobile: pode ser responsiva ou só mobile, o importante é ter uma boa navegação, isso vale também para o motor de reservas, também conhecido como booking engine.

rio-quente-mockups
Website do Rio Quente Resorts, em suas versões desktop e mobile, ambas desenvolvidas pela Pmweb.

Motor de reservas: ter uma ferramenta de reservas rápida, simples, segura e orientada à conversão é fundamental e pode ser a diferença entre uma compra e um abandono. Ela também precisa ter a personalidade do hotel e dar sequência à comunicação iniciada no site.
4.segurança
Além disso, a tecnologia deve permitir ao viajante ter controle total sobre a reserva, podendo alterar ou cancelar conforme as políticas da marca. Também é necessário pensar preço sob o viés do hóspede, oferecendo-lhe uma tarifa moldada ao seu perfil enquanto consumidor. Estamos falando de precificação individual, o que é possível se feita por meio da integração com motor de reservas com uma plataforma de CRM.
Se o booking engine oferecer clareza de preços, possibilidade de precificar individualmente, disponibilidade e segurança ao usuário para que ele conclua a reserva, é possível, inclusive, que ele volte a comprar. Preparamos cinco dicas simples para reduzir o abandono do processo de reserva que também podem lhe ajudar.
Fotos e vídeos: disponibilizar imagens, não só fotos e vídeos proprietários do hotel, mas com espaço para conteúdo produzido por usuários dá mais credibilidade e realidade às instalações. É importante ter muitas, em mais quantidade ou semelhantemente às OTAs.
Conteúdo: deve claro e explicativo sobre acomodações e promoções. Muitos usuários entendem que os sites dos hotéis perdem nesse quesito para os sites das agências online. Assim, informação nunca é demais.
INVISTA EM RESERVAS DIRETAS
Investir em reservas diretas é a maneira mais lucrativa de vender hospedagens. As OTAs são importantes fontes de receita, mas cobram altas comissões para isso. Assim, entender o canal direto como protagonista na distribuição hoteleira e investir em ações voltadas a isso é investir também em marca e em tecnologia para uso de dados. Mas como levar as pessoas ao site e ao motor de reservas? Existem meios de ativação que precisam ser considerados.
Search engine marketing: investir em marketing para mecanismos de busca é uma boa maneira de adquirir clientes.
Os links patrocinados são anúncios do Google, apresentados nos resultados de busca e seu modo de pagamento é o pay-per-clique. Nesse caso, quanto mais relevante for o anúncio, mais bem posicionado ele ficará. Por isso é importante ter um time especializado organizando, otimizando e mensurando as estratégias de links patrocinados.
Outra técnica de search engine marketing é o SEO – search engine optimization – que consiste em otimizar o ambiente online para que ele seja encontrado pelos buscadores. O projeto envolve um time multidisciplinar de especialistas em SEO, desenvolvedores e marketing.
CRO: Conversion Rate Optimization se trata de um conjunto de técnicas de otimização que tornam o site um ambiente mutável e adaptável conforme o público da marca. Se as pessoas são diferentes, por que ter um site igual para todo mundo? http://blog.pmweb.com.br/5-sinais-de-que-seu-site-precisa-urgentemente-de-cro/
APOSTE EM RELACIONAMENTO
Mais importante do que trazer clientes ao hotel é mantê-los. Com o uso de dados, é possível extrair informações sobre o consumidor, pautadas em comportamento de navegação, histórico e outras preferências. Se o hóspede está no centro da estratégia de marketing, o relacionamento será fluido, relevante e a chance que ele volte a se hospedar no seu hotel é maior.
E-mail marketing: essa ferramenta de marketing é barata e efetiva quando bem trabalhada e se respeita o ciclo de vida do consumidor. E-mails relacionados à reserva são muito efetivos quando a plataforma de envio conecta-se ao booking engine. Por exemplo: e-mails de ré-check-in, pós-check-out, dicas do destino, abandono de reserva ou pagamento recusado.
transacionais
Content marketing: ter um blog, investir bem em mídias sociais são maneiras de atrair clientes e também de manter a conversa acesa em diversos canais. Estar nas mídias sociais não é mais uma opção. Content marketing é uma maneira barata de engajar o público e pode representar um diferencial de marca na hotelaria. Com a competitividade de alguns destinos, a comoditização dos preços e a diversidade dos canais de distribuição, marketing de conteúdo servirá como reforço ao canal de vendas.
club-med
CUIDE DA SUA REPUTAÇÃO ONLINE
Manter uma boa reputação online, em hotelaria, passa, em primeiro lugar, em dar a atenção necessária aos canais de review e redes sociais. Atualmente, todos têm voz. Uma experiência negativa pode reverberar longamente e manchar a imagem da marca.
Dessa forma, não se pode negligenciar, apagar ou responder de maneira absoluta ou arrogante aos comentários, sendo negativos ou positivos. Demonstrar ao cliente que a marca se importa com a opinião dele é estreitar o relacionamento e trazê-lo de volta.

douglasgarcia96

Deixe uma resposta

Se inscreva para receber nossas novidades.
%d blogueiros gostam disto: