Marketing analítico: o novo profissional do mercado

07/11/16

O novo profissional de marketing é multifacetado, navega entre muitas áreas, mas não é necessariamente formado no assunto. Ele tem que entender de tecnologia e estar ligado em inovação, ter uma busca incansável pelo novo e, claro, tem que entender de marketing. Este novo profissional que o mercado tanto procura foi surgindo ao longo do tempo com a demanda das empresas por ações cada vez mais assertivas e mensuráveis do ponto de vista de resultados.

Antes, quando havia só as ações off-line, contávamos com as agências de publicidade e seus gênios criativos para realizar ações incríveis e que dessem retorno sobre o investimento em questão. Claro, não sabíamos qual era o retorno. A era do broadcast (em que a informação sai de uma fonte emissora e chega a uma grande massa de receptores, tendo a televisão como um exemplo claro) foi passando e investir em marketing digital tornou-se primordial para grandes empresas, agências e startups.

Com o boom das ações online, termos foram surgindo e se tornaram cada vez mais comuns no nosso dia a dia: mídia programática, SEO, SEM, Mobile Marketing, Marketing de Conteúdo, User Experience, entre outras. Mas o profissional analítico tem que saber tudo isso? É fato que também é importante, no entanto, existe algo que tornou o nosso mundo de conhecimento mais amplo ainda:os dados.

A análise de dados

Inteligência de mercado, business intelligence (BI), big data. São muitos os termos que as empresas dão para essa área de estudo. E isso chegou aos profissionais de marketing. Essas áreas de estudo, normalmente dominadas por profissionais de TI, estão cada vez mais entrando na vida de todos nós, profissionais de marketing, que queremos e precisamos nos tornar mais analíticos e conhecer a fundo os dados que as marcas detêm e recebem diariamente.

Fontes de dados

A análise do sistema origem não será feita por você, mas é de extrema importância que você entenda de onde vem o dado e o que poderá ser feito com ele. Uma vez que se tenha uma visão estruturada de dados de destino, é possível identificar e examinar as fontes de dados.

Além de analisar os dados, é preciso compreender também as fontes de dados, que mudam a cada segundo e informações que se tornam cada vez mais complexas. É preciso começar a entender e a navegar por áreas que fogem do escopo tradicional de um curso de marketing. Assim, compreender cada uma das fontes pelas quais os dados são coletados é de suma importância.

Que tipo de análise você poderá fazer com o seu consumidor para realizar uma ação efetiva e bater sua meta no final do ano? Por exemplo:

  • //Como minha marca está sendo vista nas mídias sociais?
  • //O que os clientes gostariam de comprar?
  • //Quais clientes são mais rentáveis?
  • //Qual a probabilidade de um usuário que veio de uma mídia social, navegou em mais de 3 páginas do meu site, realizar uma compra ao ser impactado por um e-mail?

Seja via sistema de CRM, por campanhas de e-mail marketing ou por um investimento em links patrocinados, é você que deverá saber o lugar certo, o conteúdo certo e o momento certo para falar com o seu consumidor. Para se tornar o profissional que o mercado quer, você tem que passar a fazer sua estratégia voltada para dados. Trabalhar o lifecycle do seu cliente se torna muito mais fácil quando se compreende o momento em que ele está.

Perfil do novo profissional de marketing

O novo profissional de marketing tem que ser um curioso por natureza e estar antenado em todas as novidades que envolvem o mercado de marketing e tecnologia de modo geral. Comunicativo, o perfil dessa pessoa é de alguém que se relaciona bem e que transita por muitas áreas com tranquilidade. 

Falar inglês é imprescindível. A inovação ainda se vê muito fora do Brasil e, por mais que você seja um profissional de ponta, muitas das ferramentas e informaçõesdisponíveis não estarão no idioma nativo (português).

Estar por dentro de cada rede social existente é importante também, afinal hoje o maior investimento de marketing nas empresas está presente no mundo online.

Por último, e não menos importante: números. Esteja familiarizado com eles, respire esses números e entenda a importância do mindset voltado à parte lógica do marketing. Um profissional que investe seu tempo para se aprofundar em dados se diferencia dos demais e toma as melhores decisões.

Não se preocupe com sua formação, isso não é algo que te impediria de trabalhar com marketing, mas não se esqueça de que estudar nunca é demais.

E, para concluir, conheça as 5 tendências para a revolução do marketing cloud e fique por dentro de tudo o que rola no nosso blog.

Obrigado e até a próxima! 🙂