Porque a nova grande marca fashion poderá ser de wearables

 Porque a nova grande marca fashion poderá ser de wearables

Agregando tecnologias de ponta e praticidade em um formato compacto e já conhecido dos consumidores, wearables de todos os tipos vêm ganhando espaço no mercado e são vistos como tendência e grande aposta de fabricantes e marcas importantes do mundo fashion.
Embora o termo wearable já dê pistas da forma como estes dispositivos funcionam, a nomenclatura deixa de lado alguns detalhes importantes. A tecnologia em questão não somente pode ser usada como uma peça de roupa ou um acessório, como também tem que possuir características que a conectem a outros aparelhos ou à internet.
A aliança entre a tecnologia e a moda não é recente, há tempos acompanhamos o desenvolvimento de roupas, calçados e acessórios que carregam em seu desenvolvimento horas de pesquisa e muita tecnologia agregada. Com isso, os avanços têm ganhado cada vez mais espaço dentro das marcas e novos itens são lançados a cada coleção. Um exemplo é a Ralph Lauren, marca que está presente nas fashion weeks mais respeitadas, que, em parceria com a empresa OMsignal lançou uma camiseta capaz de ler a biometria em tempo real.
De acordo com uma pesquisa realizada pela Nielsen na Nova Zelândia um total de 393.000 neozelandeses com mais de 15 anos possuiu pelo menos um dispositivo wearable, um número que duplicou (+93%) em apenas 12 meses. Considerando que a Nova Zelândia tem uma população de apenas 4,7 milhões de pessoas, este número revela a importância deste tipo de dispositivos no país, vistos como “um símbolo de status, uma peça de fitness motivacional e um gadget funcional, tudo em apenas um dispositivo”.
A Nielsen diz ainda que “os donos de dispositivos wearable são um grupo de consumidores lucrativo. As marcas podem conectar-se diretamente com a eles  ‘on-the-go’, alcançado-os independente de onde estejam, com ou sem seu celular, tablet, etc. (…) Os dispositivos wearable representam uma nova forma para as marcas influenciarem os seus consumidores”.
A Levi’s, outra marca com importante participação na indústria da moda lançou no mês de setembro sua jaqueta inteligente, batizada como Levi’s Commuter Trucker Jacket. Ela tem como público-alvo ciclistas e a ideia é usá-la junto com fones de ouvido plugados ao smartphone. A jaqueta compreende quatro gestos e a configuração é feita por meio de um app no smartphone. A peça utiliza a solução Jacquard, desenvolvida pelo Google, para roupas conectadas. Ela traz costurada em sua manga um tecido especial, com microfios eletrônicos capazes de detectar os gestos do usuário e repassar a informação para uma abotoadura conectada. Essa abotoadura, por sua vez, se comunica através de bluetooth com o smartphone do usuário, seja Android ou Iphone. A abotoadura envia também algumas notificações para o usuário através de uma luz LED e de pequenas vibrações.
https://www.instagram.com/p/BZy27U4Bap-/?taken-by=levis
Nos EUA, a Apple ainda se destaca como principal marca para a compra de smartwatches, conquistando 50% do mercado (mais do que os 24% do market share que a marca tinha no 3º trimestre de 2016). Logo em seguida aparece a Samsung, que deteve 17,4% das vendas de smartwatches no último trimestre de 2016.  Em 2015 a empresa lançou uma linha premium dos seus Apple Watch em parceria com a icônica marca francesa Hermès, a coleção, com três itens, chamados de Single Tour, Double Tour e Cuff, os relógios inteligentes apresentam a iconografia da Hermès e pulseiras diferenciadas.
Fica evidente que o mercado fashion passará por uma grande mudança, nossas roupas, calçados e acessórios deixarão de ser vistos como commodities e passarão a ter status de serviço, semelhante à forma como aplicativos são desenvolvidos e vendidos hoje. Esta abordagem torna possível que os artigos fashion assumam um novo papel no mundo do marketing, aumentando o número de canais e estreitando ainda mais o timing da comunicação.
Fontes:  http://makers.net.br // https://www.distribuicaohoje.com // https://www.tecmundo.com.br // http://www.mobiletime.com.br

douglasgarcia96

Deixe uma resposta

Se inscreva para receber nossas novidades.
%d blogueiros gostam disto: