Wish lists: como criar, desenvolver e ativar

 Wish lists: como criar, desenvolver e ativar

Wish lists são coleções criadas pelos consumidores em suas contas individuais, contendo os produtos desejados por eles. Listas de desejos – em português – significam interesse e intenção de adquirir esses itens em algum momento, mas não imediatamente.
Wish lists são um dos poucos casos, em e-commerce, em que os clientes dizem exatamente quais produtos querem, mas ainda não possuem. Este interesse demonstrado apresenta uma oportunidade altamente valiosa para fazer uma venda e atender a uma necessidade do cliente, mas muitas vezes, as listas são subutilizadas como ferramenta de marketing.

Criando

Para fomentar listas de desejos é preciso, antes de tudo, ter objetivos claros. As pessoas não fazem listas à toa e se elas escolhem uma loja para isso, deve-se entender como uma excelente oportunidade e valorizar o fato. Pense em quais vantagens você pode oferecer, como descontos, presentes e outros.
Além das tradicionais listas de presentes de aniversário e natal, atualmente existe uma profusão de eventos temáticos e colaborativos, como chá de fraldas, de panela, de casa nova, de lingerie, chá bar. Ser proativo e propor que a lista de presentes seja na sua loja requer conhecimento profundo da base de clientes e a compreensão de seu ciclo de vida. E isso só é possível por meio dos dados.
wish-list-casamento

Desenvolvendo

Agora que você sabe o porquê, é preciso considerar várias variáveis no desenvolvimento do projeto de listas de desejos. Além da tecnologia necessária, como integração com sistema de lojas físicas ou de estoque, design e outras, há outras questões a serem consideradas.
Personalização onsite: associar as wish lists a um projeto de CRO que envolva testes é importante para compreender a efetividade do projeto e também para apontar o que funciona e o que não está performando bem. Desenvolver wish lists, como mencionado anteriormente, precisa ter base em dados. Assim, para apresentá-las no site, de maneira relevante, também é necessário ter apoio em dados.
Coleta de dados: se você ainda não usa os dados que você coleta, já está na hora de começar. Isso porque as wish lists vão trazer novos insumos de comportamento individual, como interesse, preferências de consumo, data do casamento, do nascimento do bebê, listas de e-mails dos amigos que compram os presentes e outros. O uso inteligente desses dados pode trazer mais lucro ao negócio.
Reabastecimento: as estratégias posteriores à coleta de dados podem ser inúmeras. Por exemplo, após a lista do chá de bebê e com a data possível do nascimento, é possível iniciar uma régua de relacionamento de reabastecimento, entregando aos pais mensagens sobre novas aquisições de roupas conforme crescimento da criança, mudança de estação e outras.
Lojas físicas: se a sua marca possui lojas físicas além do e-commerce, as wish lists podem funcionar como fio condutor que unifique os dois públicos. Muitas vezes, a lista é iniciada na loja física, mas dar a opção de adquirir os produtos tanto na loja online quanto nas físicas é uma ótima iniciativa, que permite coletar os dados também de quem presenteia.

Ativando

Se você já tem os dados de aniversário dos seus clientes, por que não sugerir a eles a criação de uma wish list online via e-mail marketing? Muitas empresas também utilizam as mídias sociais, como o Instagram e o Pinterest, para estimularem a criação de listas de desejos.

Exemplo de proposta de wish list de aniversário.
Exemplo de proposta de wish list de aniversário.

Oferecer wish lists é uma maneira também de reduzir taxas de abandono de carrinho para aqueles que demonstram interesse em certos produtos mas não vão comprá-los no momento. As listas são efetivas ao dar aos consumidores uma maneira fácil de relembrá-los sobre um item desejado e, sob a ótica de negociação, demonstrar aos fornecedores o nível de interesse em seus produtos que vai além das vendas.
Por fim, não esqueça que, por meio de wish lists, sua marca vai conquistar novos clientes – aqueles que adquirirem os itens como presente. Lembre-se de ativá-los após isso e mantenha o ciclo de relacionamento. Aproveite a oportunidade de ampliar sua base!
Quer saber mais sobre como as wish lists podem tornar seu negócio mais rentável? Entre em contato com nosso time de especialistas!

Fontes consultadas:
How to monetize wish lists
What are wish lists and why are they important?

 

douglasgarcia96

Deixe uma resposta

Se inscreva para receber nossas novidades.
%d blogueiros gostam disto: