Mobile marketing: talvez você esteja fazendo isso errado

 Mobile marketing: talvez você esteja fazendo isso errado

Desde o Google Mobilegedon até o Facebook Hello, os gigantes da tecnologia têm mostrado uma coisa clara para as marcas: se você não está priorizando o mobile, você está ficando para trás. Hoje, existem 2,8 bilhões de usuários de Internet, enquanto usuários de dispositivos móveis atingiram 5,2 bilhões – representando impressionantes 73% da população mundial.
mobile-marketing
O mobile está se tornando o modo default de comunicação. Os grandes players, incluindo Google e Facebook, estão fazendo para se conectar diretamente com os usuários e, preferencialmente, pelas pequenas telas. Esta mudança contínua representa uma enorme oportunidade para os profissionais de marketing, mas não pelas razões que você está imaginando.
Sim, sites responsivos são importantes, mas o dinheiro real está em se conectar diretamente com os usuários aqueles que já estão considerando seu produto ou serviço como alternativa de compra e só precisam de uma última peça de informação antes de tomar a sua decisão.
Em outras palavras, a oportunidade de um bilhão de dólares está nas chamadas oriundas de inbound marketing. Quem faz uma ligação atraído por inbound marketing é porque está realmente interessado no negócio, são prospects altamente relevantes e valiosos.

Pense em smartphones como… telefones!

Primeiro você precisa ajustar o seu paradigma de mobile marketing. Não basta encaixar uma experiência de desktop em um dispositivo menor, mas, em vez disso, é preciso tirar partido das capacidades únicas dos celulares. Além da criação de sites e páginas de destino responsivos, incentive os usuários a entrarem em contato com um call to action amigável e claro para a ação (por exemplo, “Ligue-nos agora para uma cotação”). Faça testes A / B em suas páginas, anúncios, e em botões call to action para entender o que impulsiona mais chamadas e ligações da qualidade.

Otimize suas campanhas para celular

Depois de criar e testar seus links, páginas de destino e calls to action para dar à sua audiência móvel o que ela quer, é preciso se certificar de que você pode ser encontrado nas pesquisas. Exibir o seu número de telefone em seus anúncios de links patrocinados pode incentivar as pessoas a ligarem. Busque padrões de dias e horários com mais chamadas para tirar proveito do pico de tráfego.

Feche o loop

Rastrear as chamadas oriundas de pesquisa é um primeiro passo importante, mas entender o resultado de uma chamada é a única maneira de descobrir o verdadeiro ROI da pesquisa paga. Amarre campanhas online à receita real, acompanhando o resultado daquela ligação. Foi marcada uma reunião? Um venda foi feita? Qual é o valor desse cliente? Quais palavras-chave orientaram as ligações mais valiosas?

Teste, ajuste, repita

Use ferramentas de marketing automation e CRM para unir dados de oportunidade e de ROI e sincronizar os dados com o Google Analytics. Examine quais campanhas convertem melhor off-line e, em seguida, otimize as páginas de destino, os anúncios e as mensagens para incentivar as ligações. Ajuste a sua estratégia de oferta com base em inbound.
Fonte: MarketingProfs
 

douglasgarcia96

Deixe uma resposta

Se inscreva para receber nossas novidades.
%d blogueiros gostam disto: