5 tendências do varejo não-óbvias para 2015

 5 tendências do varejo não-óbvias para 2015

Prever o futuro é um negócio difícil, mas isso não impede qualquer um de nós de tentar. O termo “trendspotting” fala sobre a capacidade de ser rápido e inteligente o suficiente para detectar uma tendência, mas não é exatamente assim, de acordo com Rohit Bhargava, diretor executivo e fundador do influente IMG e autor de Non Obvious. Nesta semana, no Shop.org, Bhargava compartilhou tanto seu processo para identificar as tendências mais importantes do ano como algumas tendências que podem ajudar varejistas a prever o futuro a curto prazo e compreender melhor seus clientes.
A chave para prever o futuro é ser cuidadoso, curioso e observador, e dentro do panorama geral, encontrar temas e significados. Distinguir uma tendência não-óbvia leva tempo e consideração porque os padrões só surgem após um tempo. Felizmente, Bhargava está disposto a compartilhar suas descobertas! Abaixo algumas das tendências para este ano:
Imperfeição é mais atraente do que a perfeição
Muitas marcas estão começando a comemorar a imperfeição, para ser mais compreensível e autêntico para os clientes. “Os clientes preferem comprar de marcas que são humanas”, disse Bhargava. É por isso que a sua clara de ovo do Egg McMuffin no McDonalds é ligeiramente deformada em vez de perfeitamente redonda. Os consumidores preferem a imperfeição.
mcdonalds-Egg-McMuffin
Os profissionais de marketing estão se tornando úteis
Mais marcas estão concentrando esforços de marketing em ser útil para os consumidores, em vez de simplesmente exaltar as características de seu produto ou promover uma venda. Com o seu “Guia de compra de grill” a Weber não está vendendo um grill simplesmente ou mesmo compartilhando recursos específicos do produto, mas sim “fazer a venda por ser útil”, disse Bhargava. A chave é responder às questões maiores que seus clientes estão questionando.
Cada cliente é um superstar
Em uma era de celebridades globais, o tratamento de estrela é o que todo mundo espera. “Seus clientes esperam cada vez mais a ser tratados como superstars e superstars não recebem e-mails que começam com ‘Prezado cliente,…’ “disse Bhargava. A pergunta a fazer é: O que você pode fazer para criar uma experiência VIP em qualquer ponto de contato com o seu cliente?
Experiências sociais são compartilháveis
A “Real Beleza” da Dove é um excelente exemplo de compartilhamento de experiências sociais como o marketing da marca, e a tendência é crescente. Até mesmo marcas como a Prudential está entrando em tendência, com a sua campanha “Bring Your Challenges” que destaca como a psicologia humana afeta o planejamento da aposentadoria. Esses compartilhamentos além de trazer mais informações sobre o seu negócio, ainda geram um maior engajamento dos clientes com as marcas.
real-beleza
Nem todo o canal tem que ter todas as informações
A tendência denominada “reserve retail” aponta que as marcas podem ter uma abordagem diferenciada para cada canal, em vez de ter os mesmos conteúdos em todos os canais. Por exemplo, a loja física não precisa ser igual a loja virtual, pois a pessoa vai ter uma experiência diferente. A chave para esta tendência é criar um momento sensorial que faça sentido com a marca a ser compartilhado independente do canal.
Fonte: https://nrf.com/news/5-non-obvious-retail-trends-2015

douglasgarcia96

Deixe uma resposta

Se inscreva para receber nossas novidades.
%d blogueiros gostam disto: