Tours e Experiências: O próximo grande mercado inexplorado de viagens on-line

08/10/18

O que, exatamente, é um tour? Dependendo de para quem você pergunta, você receberá uma resposta bem diferente.

Para alguns, a idéia de ir em uma excursão traz à cabeça imagens de um ônibus lotado explorando uma cidade com quarenta dos seus amigos mais próximos. Outros podem pensar em uma visita ao museu ou ser levados para a casa de um chef local para um jantar tão delicioso que ainda lhe dá água na boca.

Poderia ser um passeio guiado comprado em uma lojinha no centro da cidade em algum lugar, ou um show indie independente em algum lugar comprado pela Airbnb.

A verdade é que o espaço de tours e atividades está passando por uma reinvenção radical do que exatamente significa experimentar algo durante as férias.

As projeções do mercado global de tours e atividades são inconclusivas, mas provavelmente irá movimentar algo em torno de US$ 150 bilhões por ano, de acordo com estimativas da Skift Research, e espera-se que cresça 9% ao ano nos próximos anos.

O turismo é um dos maiores criadores de uma classe média global, com milhões em todo o mundo crescendo em sua economia local oferecendo serviços aos visitantes. E com frequência, os que imigram para novos países conseguem se firmar em uma nova comunidade por meio de empregos ligados à indústria de viagens. Quando você considera os 10% da economia global que as viagens representam, o turismo é uma das partes mais importantes.

A grande maioria das excursões, no entanto, ainda é vendida offline no destino ou através de operadoras de turismo tradicionais e agentes de viagens. Cerca de 80% das reservas brutas do setor ocorrem off-line, de acordo com a Trekksoft, e apenas 13% dessas reservas vêm de operadoras online.

O negócio global de operadores turísticos evoluiu ao longo do tempo, impulsionado pela democratização das viagens e pela crescente importância das experiências para os consumidores. No entanto, a reserva on-line tem sido limitada principalmente a tours simples que são tratados como commodities em sites como o TripAdvisor e o Viator.

Uma longa jornada de atividades, espalhadas por destinos em todo o mundo, será um dia reservada online, mudando a economia do setor de maneira fundamental. A forma como os passeios são empacotados mudaram para refletir as demandas dos consumidores globais em mudanças que desafiam o conceito tradicional do que uma excursão é mesmo.

De muitas maneiras, o setor de tours e atividades agora enfrenta a desafiadora situação de dominar o universo online e conquistar os usuários que consomem por esse canal.

Fonte: Skift.