O que é mídia programática

08/09/14

Atualmente existem milhares de sites que oferecem espaços para compra de mídia, os chamados publishers. São praticamente infinitas opções, com múltiplas possibilidades de segmentação para os anunciantes mostrarem seus produtos. Com o avanço da tecnologia, a maneira como se comercializa os espaços também vem mudando. Para atender à necessidade de facilitar a compra e venda desse inventário de display de maneira mais apurada, surgiu a mídia programática.

Como funciona a mídia programática?

Mídia programática, como o próprio nome sugere, é uma maneira programada de comprar e vender mídia através de uma ferramenta. O processo automatizado elimina alguns fatores que dão morosidade ao negócio, como negociação humana entre anunciante e publisher, inclusões manuais de anúncios e outros. A principal forma de compra e venda do inventário se dá por meio de um sistema de leilão, em que o anunciante que der o maior lance conseguirá o espaço. Este vídeo da Internet Advertising Bureau (IAB)  traz uma breve explicação sobre nosso assunto:

E por que a mídia programática é importante?

Porque é eficiente. Antes dela existir, todo processo era feito manualmente, o que o tornava mais caro e nem sempre 100% confiável. A compra de mídia programática elimina o fator humano sempre que possível e torna a negociação mais direto ao ponto, com maior aproveitamento entre o que se pretende e o que está sendo comprado em termos de espaço. Ela faz com que se atinja as pessoas certas, no momento certo, na hora certa. Então não é necessário comprar um pacote de milhões de impressões para alcançar menos da metade do público (sendo otimista). Você só compra as impressões que realmente interessam.

Mas então não se precisa mais de pessoas para comprar e vender mídia?

A resposta é: mais ou menos. Desde a Revolução Industrial o homem vem buscando maneiras de produzir mais com menos dinheiro. E a solução para isso são as máquinas, a tecnologia. Portanto, no caso da mídia programática, permite-se que o tempo poupado no processo seja empregado no desenvolvimento de novas campanhas, mais segmentadas, personalizadas e focadas em resultado. Você está preparado?