Mobile: dados sobre o comportamento do novo consumidor

15/09/16

Sempre que nós precisamos saber de algo, ir a algum lugar ou fazer e comprar alguma coisa, pesquisar no telefone tornou-se algo natural. VP de marketing do Google, Lisa Gevelber, compartilha uma nova pesquisa que quantifica como as pessoas usam o digital para tomar decisões e agir em seu cotidiano.

Pare um momento e pense em como você encontrava informações antes de smartphones existirem. Você provavelmente imprimia mapas antes de uma viagem (ou dependia de um mapa de papel que já tinha em casa). Talvez você tenha olhado os horários dos filmes em cartaz no jornal. E certamente alguma vez na vida você ligou para uma loja para verificar seus horários de funcionamento.

E agora? Você automaticamente vai para as respostas que estão na sua mão: seu smartphone.

Para obter uma melhor compreensão de como as pessoas satisfazem suas necessidades em um mundo de opções online e offline, o Google colaborou com a Purchased, uma empresa de pesquisa. Foi pedido a 1.000 usuários de smartphones que observassem, várias vezes por dia durante uma semana, que tipos de necessidades que eles tiveram ao longo do dia e as ações que eles tomaram para saná-las. Veja o que foi encontrado:

# 1: Em momentos de necessidade, as pessoas se voltam para seus telefones e pesquisam

Quando uma pergunta ou necessidade surge, nossos telefones são, de longe, o nosso recurso mais confiável. 96% das pessoas usam um smartphone para tomar uma atitude.

Para atender a essas necessidades, as pessoas são pelo menos duas vezes mais propensas a usar mecanismos de pesquisa do que outras fontes on-line ou off-line, tais como visitas às lojas ou mídias sociais. As buscas não são apenas o recurso mais utilizado, mas a primeira ação de 87% das pessoas.

# 2: Mobile ajuda as pessoas a tomarem decisões quando estão prontas para comprar

As pessoas confiam em seus telefones para ajudá-las a tomar melhores decisões no momento da compra. Na verdade, 70% dos proprietários de smartphones que adquiriram algo em uma loja viram primeiro seus dispositivos para obter informações relevantes para essa compra. E quando pesquisam no celular, as pessoas tendem a realizar uma ação: 92% daquelas que procuraram em seu telefone fizeram uma compra relacionada a essa pesquisa.

# 3: Pesquisa mobile é usada para mais do que apenas necessidades imediatas

Embora a pesquisa mobile seja útil para ajudar com tarefas rápidas, como consultar uma receita para o jantar, é também amplamente utilizada para fazer progressos em projetos de longo prazo. 68% das pessoas que participaram do estudo realizaram buscas sobre algo que elas querem fazer no futuro, tornando o mobile o principal recurso, acima de qualquer outra fonte on-line ou off-line.

O que isso tudo significa para o marketing?

Como profissionais de marketing, temos de conectar e orquestrar as informações que fornecemos em telas, canais e formatos. Ao antecipar as necessidades das pessoas, é possível garantir o encontro com as pessoas em seus micro-momentos com informações relevantes e úteis.

Texto original: How Mobile Has Changed How People Get Things Done: New Consumer Behavior Data