Data analytics: aumente o valor do seu negócio

21/06/17

Data analytics – ou análise de dados – vai muito além das plataformas de Business Intelligence. Elas são apenas a ferramenta. A evolução da jornada de implantação de business analytics (BA) para resolver problemas de negócios deve culminar numa estratégia que gere valor para a empresa. Para o Gartner, dados são a chave para a transformação do negócio digital.

Na Conferência Gartner Data & Analytics nesta semana (20/06/17), em São Paulo, Donald Feinberg, vice-presidente e analista emérito do Gartner, afirmou que na maioria das vezes parece haver uma abundância de dados sobre a qual os líderes não compreendem seu valor.

Ele acredita que os líderes de negócios deveriam se concentrar na construção de uma organização centrada em dados, aproveitar as principais tendências e as tecnologias emergentes, além de desenhar os resultados que lideram os modelos de negócios transformacionais.

3 takeaways do Gartner sobre Data Analytics

1. A importância da liderança

As empresas precisam considerar a criação de uma liderança em dados, a começar com a nomeação de um “pai” para o projeto, um Chief Data Officer (CDO). Pesquisa da Gartner sobre os principais agentes de dados mostra que as principais responsabilidades do CDO são:

// Supervisionar iniciativas de análise e governança de dados,
// Se responsabilizar pela definição das estratégias de análise,
// Organizar e garantir a confiabilidade e o valor da informação, ou seja, sua governança.

2. Tecnologia e robustez

Após a liderança, o próximo passo é lidar com a escala e a variedade dos dados disponíveis. As abordagens tradicionais de infraestrutura de gerenciamento de dados, como armazéns, fluxos de dados em lote e bancos relacionais começam a quebrar em face dos requisitos de negócios digitais. As organizações devem adotar rapidamente arquiteturas e tecnologias, como a virtualização de dados.

“Até 2018, o Gartner prevê que as organizações com recursos de virtualização de dados gastarão 40% menos na construção e gerenciamento de processos de integração de dados para conectar ativos de informação”, diz Feinberg.

3. Dados e seu valor para o negócio

Uma das chaves para maximizar a contribuição das empresas e aproveitar esta abundância de poder de computação e expertise analítica é transformar a governança de dados em um facilitador de negócios. A gestão de dados precisa ser colaborativa, ágil, flexível e orientada para negócios.

“Obter este direito – políticas orientadas por contexto e autoridade e responsabilidade distribuídas – é fundamental para fornecer a base confiável e de alto valor de dados que suporte qualquer caso de uso que a liderança de uma organização possa ter em mente”, finaliza.

Conclusão

Juntos, dados e análises são os catalisadores mais poderosos para a mudança na empresa.

Fontes:
TI inside
Gartner Data & Analytics Summit