Como o marketing orientado por dados ajuda você a agir na hora certa

16/04/18

Conheça seu público. Essa é a primeira regra do marketing e ainda é tão importante quanto sempre foi. Mas para ter sucesso hoje, quando os consumidores capacitados esperam experiências projetadas exatamente para suas necessidades, é preciso também acertar o timing.

Uma nova pesquisa da Bain & Company, em parceria com o Google, revela como as marcas que aparecem com a mensagem certa no momento certo são aquelas que encontram caminhos para crescimento e receita. Os líderes de negócios atualizam métricas e painéis de marketing críticos com mais frequência e priorizam plataformas de tecnologia integradas para ajudar a fazer conexões oportunas com os clientes.

Onde as conexões oportunas começam? Dentro dos dados. Os profissionais de marketing dizem que o melhor entendimento e o alcance dos clientes certos é a principal prioridade para atingir suas metas nos próximos três anos. Para obter um entendimento mais profundo dos clientes, os profissionais precisam primeiro analisar os padrões e tendências de comportamento dos clientes. alcançar as pessoas certas, na hora certa. Isso exige a plataforma certa.

Líderes de marketing são 1,6 vezes mais propensos do que os retardatários a priorizar a integração de tecnologia, e ainda 1,2 vezes a serem usuários avançados de sua tecnologia, de acordo com o estudo da Bain.

O estudo ainda mostra que os líderes (definidos como os 20% melhores em uma pontuação composta de receita e crescimento de participação de mercado) compartilham três outras coisas em comum.

Digital First:

Nos EUA, a Adidas tem se esforçado para trabalhar de forma mais colaborativa em todo o cenário digital, e as equipes se reúnem em torno de um uso comum de informações digitais. A segmentação de clientes e a tecnologia ajudam a adotar uma abordagem colocando o marketing em primeiro lugar. Chris Murphy, chefe de experiência digital, descreve a visão: “Se você quer ser verdadeiramente focado no consumidor, precisa pensar primeiro no digital. E, para fazer isso, você precisa ser orientado por dados.

A Adidas usa insights do público para sequenciar suas mensagens de marca e comércio eletrônico para obter o máximo efeito. As equipes usam uma plataforma unificada para trabalhar juntas em campanhas, sequenciando mensagens com cuidado e testando e ajustando os resultados.

“O que esperamos fazer é fornecer ao consumidor uma experiência mais conectada, pessoal e relevante em todo o ecossistema digital mais amplo”, disse Murphy.

Visibilidade e Controle:
Como nossos anúncios foram exibidos? Eles foram eficazes? Quais levaram aos maiores resultados? O controle sobre investimentos e canais é o principal benefício do marketing integrado e da tecnologia de anúncios para os líderes. Eles acham essencial conectar as informações de seus clientes à forma como compram mídia.

A Rituals Cosmetics, uma empresa global de cosméticos que opera em 27 países, usa painéis com dados quase em tempo real para ajudar a orientar as decisões digitais.

“Podemos conectar nossa tecnologia de publicidade no ponto certo e nos certificar de que administramos a eficiência em um nível diário, para todo o funil e todos os canais”, disse o diretor digital Martijn van der Zee.

Compartilhando Percepções
Quer que toda a sua organização abraçar uma mentalidade baseada em dados? Comece trazendo insights acessíveis, uma plataforma unificada facilita a geração de relatórios e ações para todos. Líderes de marketing têm 1,7 vezes mais chances de atualizar suas métricas e painéis de marketing mais críticos pelo menos uma vez por semana.

Um caminho para o crescimento:

Conecte seus sistemas, ganhe controle e compartilhe os insights. Essas são as três características de como os principais profissionais de marketing usam a tecnologia integrada para gerar resultados vitoriosos: entregar a mensagem no momento certo, sempre que os consumidores capacitados de hoje precisarem dela.

Quando você conhece seu público, você também pode descobrir quando alcançá-lo. E esse é o novo caminho para o crescimento.

Artigo original publicado aqui.