Como anda a satisfação do consumidor com as cias aéreas no Brasil

09/10/18

Se depender dos índices do site Reclame Aqui deste ano, o setor de Turismo não vai nada bem. Após revelar que as queixas contra agências subiram 10% entre janeiro e agosto, e as de hotéis, 20%, o site revelou agora que as reclamações contra companhias aéreas tiveram um aumento de 37% no período na comparação ano a ano, saltando de 25,5 mil para 34,9 mil.

De acordo com o levantamento do portal, as principais reclamações são referentes às bagagens, englobando 22% das queixas; seguem ainda problemas no cancelamento (19%), reembolso (18%), cobrança abusiva (11%) e atendimento (9%).

AZUL E GOL BEM AVALIADAS
Ao considerar apenas os últimos seis meses, entre abril e setembro, destacam-se entre as aéreas nacionais as atuações de Azul e Gol. Ambas ganharam a reputação “Ótimo” do site, ao solucionarem 86,1% e 79,1% das queixas, respectivamente. A Azul, no período, recebeu 3.677 mil reclamações, enquanto a Gol teve 4.890 queixas.

Já a Avianca Brasil se destaca pelo tempo médio de resposta (14 horas), mais rápido que as demais aéreas nacionais, e por ser a companhia com menos reclamações entre as quatro principais do Brasil (3,5 mil) – abaixo dela aparece a regional Passaredo, com 122 queixas. Seu índice de solução, porém, foi de 63,9%, atrás de Gol, Latam e Azul.

A Latam Airlines Brasil, por fim, lidera em reclamações, com 11.820 mil queixas, das quais 67,1% foram solucionadas; seu tempo médio de resposta foi o mais demorado entre as companhias: seis dias e duas horas.

Confira na tabela abaixo o ranking das aéreas brasileiras considerando o índice de solução, onde aparece também a Passaredo, com o pior índice entre as nacionais:

Colocação Companhia aérea Índice de Solução Índice de Respostas Reclamações Reputação Voltaria a comprar Tempo médio de resposta

Azul

86,1%

97,7%

3.677

Ótimo

83,7%

Três dias e três horas

Gol

79,1%

99,5%

4.890

Ótimo

76,7%

Três dias e dez horas

Latam

67,1%

97,1%

11.820

Regular

60,2%

Seis dias e duas horas

Avianca Brasil

63,9%

100%

3,5 mil

Regular

60.4%

14 horas

Passaredo

46,4%

100%

122

Não recomendada

25%

11 dias e dez horas

Período analisado: 01/04/2018 – 30/09/2018

Fonte: Panrotas