Cenários de transformação: como isso afeta o consumo?

09/10/17

As mega tendências globais estão causando fortes disrupções nos negócios e forçando setores ligados ao consumo a se reinventar. Se as empresas não conseguirem responder com agilidade a essas mudanças, serão ultrapassadas por concorrentes e novos entrantes que estão explorando oportunidades nas novas tendências.

O modo de fazer negócio não será o mesmo nos próximos cinco anos. Grandes tendências estão mudando o padrão de consumo e comportamento das marcas. Novas tecnologias, apps, realidade virtual, economia solidária: tudo isso está promovendo grande impacto no mercado.

Não há o que não possa ser comprado online e essa realidade só vai aumentar. Atualmente percebemos uma necessidade das pessoas de não “perderem tempo” com atividades rotineiras, preferem dedicar-se a algo mais relevante ou que lhe trarão alguma satisfação, à perder horas em estacionamentos e entre prateleiras, buscam experiências mais personalizadas e exclusivas em detrimento de outras e primam pela qualidade no atendimento.

Nos Estados Unidos, um bom exemplo sobre estas novas possibilidades, é o supermercado sem checkouts, chamado Amazon GO.  Nele, você autentica sua entrada escaneando o QR code do aplicativo, faz suas compras e automaticamente elas são adicionadas ao seu carrinho virtual. Terminadas as compras, você novamente não precisa fazer nada: apenas sair da loja. Uma vez fora o Amazon Go finaliza a compra e efetua a cobrança diretamente na sua conta de usuário.

A tendência é que as atuais tecnologias disponíveis estejam cada vez mais integradas ao cotidiano das pessoas, o que trará mais inteligência e dinamismo na resolução das tarefas simples ou até as mais complexas.

No Brasil, recentemente foi lançada uma plataforma digital que promete economia de tempo e dinheiro entregando as compras do mês em casa. O Home Reffil, tem alterado a maneira de abastecer a casa com produtos básicos, com desconto de até 35% e a comodidade de receber as compras no conforto do lar sem precisar sair.

Este conceito garante ainda que o recebimento dos itens mais necessários de uma casa aconteça sempre no momento desejado. Basta o cliente determinar o dia de entrega através da plataforma ou, se preferir, sincronizar a agenda de entregas do HomeRefill com a agenda do próprio celular. É possível suspender uma entrega temporariamente ou alterar a data da próxima entrega dos produtos, tudo através do aplicativo, sem intermediação de uma pessoa.

De acordo com um estudo do Gartner, em 2020, mais de 85% das interações com o consumidor não incluirão humanos e que os chatbots serão a aplicação mais importante da inteligência artificial (AI).

O uso de tecnologias inovadoras e complexas, focadas em melhorar a experiência – acessível e personalizada – de compra do usuário, impactará diretamente no formato de consumo nos próximos anos. Em uma ponta as mais variadas formas de inovação, como uso de robôs, realidade virtual, etc. que trazem mais inteligência automatizada às etapas do processo de compra e à experiência do consumidor. Em outra, a crescente demanda por profissionais capacitados, capazes de acompanhar este novo formato.

Para se manter lucrativo no mercado, é fundamental acompanhar estas tendências para oferecer melhores experiências ao consumidor e usufruir integralmente dos benefícios em agilidade, praticidade e economia que estas tecnologias proporcionam.

 

Fontes: Exame Apasshow, Ecommerce Brasil.